segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Papai versão 2017

Na minha versão os meus filhos me adoram, a Lorena vive dizendo que me excedi, que não deveria ter falado aquilo, que não deveria ter feito isso, tenho que ter mais paciência com as pessoas, que sou quadrado, tenho que ser mais aberto as mudanças, preciso me atualizar tecnologicamente, que os meus textos poderiam ser melhor, que não escuto ninguém, o Enzo, me cobra o tempo todo atenção, quer brincar, quer que aprenda a jogar em minutos um jogo que nunca vi, quer ouvir o meu dia antes de dormir, quer uma explicação de alguma coisa, quer acompanhamento para revisar a lição da escola, na rodovia fica cobrando que ultrapasse outros carros, que sou lento no transito, quer andar de bicicleta, depois nadar, depois correr, depois jogar futebol, parar para beber água e perda tempo, descansar e perda de tempo, quando faz uma coisa errada a culpa foi minha que não olhei.
Essas duas feras são minha bussolá, se estou indo e fazendo a coisa certa, são por eles que volto todos os dias para casa, são por eles que digo não a muitas oportunidades, brigamos, discutimos, choramos, revisamos comportamentos, do outro lado, me sinto orgulhoso, são: lindos, educados, inteligentes, fazem eu sorri, me dão beijo de bom dia e boa noite,  tudo que sonhei como pai, obrigado meus lindos filhos

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Mudança de lado

O passa tempo, as fases também, com isso vou mudando de lado:

De jovem com muita força -> Para um pouco mais de inteligência e menos força
De agitado -> Para paciente
De com os nervos a flor da pele -> Para aguenta que vai dar certo
Do bateu levo -> Para respira mais um pouco
Do mundo esta desabando -> Para qual a oportunidade?
De tomar uma dúzia de cerveja -> Para três no máximo quatro latinhas
De jogar volley -> Para prática de caminha e mountain bike
De passar o final de semana rancho -> Para o final de semana shopping center
De estudar que nada -> Para nerd de carteirinha
De vergonha de falar em público -> Para compartilhador de ideias
De fazer o que da na telha -> Para super responsável, até quadrado as vezes

E assim vou seguindo as mudanças.



sexta-feira, 21 de julho de 2017

Férias no Hotel Fazenda Foz do Marinheiro

Viagem e com a minha equipe, a galera adora, a programação de saída com destino ao hotel fazenda Foz do Marinheiro em Cardoso-SP, deveria ser as 11:00AM, diz a lenda, saímos com um pequeno delay, quase nada, 12:50PM, estava dentro dos planos esse pequeno atraso, o que estava também nos planos são as paradas nos postos pelo caminho, nunca vi gostar de posto para comer coxinha, o passeio até o hotel foi tudo show, a Lorena dormindo, o Enzo  agitado que doe, uma briga e ele acalma, pai quero fazer xixi, mas Enzo você acabou de sair do posto, pai quero fazer xixi, vai ter que ser na rodovia mesmo, parou eu, mais a frente ops..patroa da uma ajuda com o GPS, pra que, hummm desliguei, paro eu novamente para arrumar.
Chegamos ao hotel, desce mala, check-in, cerveja gelada, reconhecimento do local, que hora que e o jantar mesmo?
O hotel e muito bonito e bacana, ficamos 4 dias, pela primeira vez em anos deu para relaxar com a patroa, deu para caminhar, passear, andar de caiaque, tomar uma cerveja geladinha.
A Lorena zen total o Enzo brincando um monte, a minha parte era apenas monitorar uma coisa aqui outra ali.
Hora de voltar foi mais tranquilo ainda, tudo lindo, opa, mais posto, paradinha, no meio do caminho a Lorena comentou nossa queria tanto ir ao show em Ribeirão, ela levou um susto, deixo você lá, serio pai, não acredito? deixo porque você foi uma ótima companhia e o que são mais 100km para o motorista aqui, absolutamente nada. E uma coisa interessante, não fiquei perdido, acertei o caminho de primeira, isso sim foi uma evolução....rssss
Foram sem dúvida as minhas melhores férias.


sábado, 15 de julho de 2017

Enzo como balizador no supermercado

Estava eu o Enzo no supermercado, nunca vi, acredito que sou a pessoa que mais vai ao supermercado, vai gostar lá diante, affff, estava em um corredor com pouca passagem, quando precisamos parar para uma senhora com duas bengalas passar, em quanto isso o Enzo do carrinho começou a fazer sinal de balizador(o cara que fica com as luzes para ajudar o avião), a mulher interpretou que ele estava pedindo para ela ir logo, não curtiu e disse, olha menino você tem que me respeitar, tenho idade da sua avô, você e um menino muito bonito mas mal educado, deixei ela falar, logo em seguida expliquei para ela o que ele estava fazendo, a reação dela foi bem interessante, qual o seu nome menino? Enzo senhora, quantos anos tem? 6 anos, onde estuda? no Coc, porque esta fazendo isso com a mãos? para dar passagem para a senhora, ela ficou bem surpresa, até então nunca tinha prestado atenção no balizador, ficamos eu o Enzo e a senhora no meio do corredor batendo um papo, ela agradeceu a proza, desejou um bom final de semana e partiu, antes de sair disse seu filho e muito inteligente e educado, parabéns, quase explodi de orgulho, ganhei o final de semana.

domingo, 2 de julho de 2017

Conexão entre o mundo dos meus anjos e o meu

Quando a Lorena era menininha decidi conhecer mais do mundo dela, desta forma tinha mais assunto em comum, passei a ler alguns dos seus livros, como: Percy Jackson, que e muito bacana, As cronicas de Narnia, não li mas busquei conhecer Herry Potter, Crepúsculo, Lua Nova( não consigo entender porque o cara fica o tempo todo sem camisa no filme), revistas teen, o cara bonitão do momento, filmes, as músicas, etcc, poderia ficar horas falando do mundo dela.
Agora veio a vez do Enzo, estou usando a mesma estratégia com algumas melhorias, chamei de versão 2.0 de conexão pai-filho, passo algum tempo vendo videos na internet, conheço o JP, o Marco Tulio do Autentic Game(sei até onde o cara vai estar), montamos Lego, manjo dos games, os desenhos como Doki, que e super inteligente, Phineas e Ferbe, Julio Junior, o Dusty voo rasante, quando tem evento no Shopping vou eu lá tirar foto com os personagens, fiquei craque nesse pessoal.
Mesmo entrando na onda, as vezes pago mico, escuto com certa frequência "nossa pai como você não sabe isso? qualquer pessoa desse planeta conhece", "pai você e muito quadrado", "pai você e muito atrasado", não ligo mesmo, o importante e eu ficar sintonizado no mundo de cada um deles, curtindo cada instante, a todo momento surge uma surpresa em uma velocidade impressionante, vamos aprendendo cada dia mais....rssss

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Exposição dos transformes no Ribeirão Shopping

Adoro os transformes e olha que coincidência no Ribeirão Shopping esta tendo a exposição, mais que de pressa partir para conferir, então fomos eu a patroa e as crianças, chegando lá teve aquela leve separação, predadores de um lado conhecer os robôs e moças de outro lado para conhecer mais lojas, affff, combinado? depois de talvez umas 10 horas nós nos encontramos, se tudo correr bem e claro, voltando a exposição, estava muito bacana, o máximo foi um baita robô dançando, como tinha muita gente conferindo, fiquei com o Enzo no cavalinho por algum tempo, não sei se estou ficando fraco ou e ele que esta crescendo rápido, mas estava pesado, muito pesado, para ajudar em alguns momentos ficava a ponto dos pés para conferir o show, valeu muito a pena...aaaa depois de algumas horas a outra dupla foi encontrada.





sexta-feira, 16 de junho de 2017

Feriado de corpos Christi = criatividade

Como não íamos viajar no feriado de corpus Christi iria precisar de um pouco de criatividade para ocupar o tempo com o Enzo, a primeira ideia foi montar um finger spinner de papelão, até deu certo, o desafio durou pouco apenas 15 minutos, de 0 a 10 o desafio ficou em 2, pensei, pensei, precisava de algo maior e mais desafiador, então vamos montar uma casa de papelão? Vamos pai!!! Vamos lá, precisamos de papelão e cola quente, no Tião tem, vamos lá?  Infelizmente tinha acabado o bastão para a nossa pistola, mas conseguimos duas caixas de papelão, opa, estamos melhorando, sem desanimar vamos atrás da cola, feriado metade do comercio estava fechado, achamos em outro supermercado.
Então com uma caixa de sapato, duas caixa de papelão, uma barra de cola quente, uma ideia, começamos o nosso projeto, de repente começou a ganhar formas, ele foi crescendo, crescendo, opa..acabou a cola, vamos lá comprar mais, e já aproveitamos a viagem e cobramos algumas balas, três horas depois estava feita a nossa mega casa com: Janelas, quartos, um aquário, garagem, local para um avião e rampas...
Custo do projeto: uma caixa de sapato, duas caixas de papelão, três horas de criatividade, um pouco de paciência, dois bastão de cola quente, seis balas e muito trabalho em em equipe.
Faltava ainda o nome para a casa, o Enzo batizou de a Central.
No fim consegui o objetivo, ocupar as crianças.